PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

PM prende acusado de homicídio com mandado de prisão em aberto


Policias da BCS Monte Cristo prenderam nesta segunda-feira (20), Lucas Rian Gonzaga Caitano, vulgo “Lucas Cyclone”. A prisão aconteceu no bairro Castália, em Itabuna. 

Lucas possuía mandado de prisão em aberto por homicídio qualificado. O acusado foi preso e conduzido ao Complexo Policial para as medidas cabíveis.

Preso custa 5 vezes mais que aluno de escola pública da rede estadual - R$ 1.750 com detento e R$ 375 com estudante

Um detento do sistema prisional do Espírito Santo custa quase cinco vezes mais que um aluno de escola pública da rede estadual. Enquanto, em média, são gastos R$ 1.750 com um preso por mês, cada estudante de meio período custa R$ 375. A comparação pode não parecer justa, na medida que são duas situações muito distintas, mas revela algo importante: gasta-se muito com prisões. São 19.950 presos contra 256 mil alunos de ensino médio de um turno - sendo este último dado referente ao ano passado. Se a população carcerária fosse zerada, com o dinheiro seria possível custear, se necessário, outros 93 mil estudantes. 

Em ambos os casos - de detentos e alunos -, estão incluídos itens de alimentação, água, energia elétrica e limpeza. A diferença mora principalmente em dois pontos. O primeiro é que presídios demandam tecnologia para, por exemplo, bloqueio de celulares, detector de metais, videomonitoramento total e construções reforçadas específicas. Além disso, é preciso lembrar que os detentos vivem 24 horas dentro desses espaços e há insumos para mantê-los todo esse período. 

O diretor de Ciências Criminais da Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil no Estado (OAB-ES), Thiago Fabres, aponta que o encarceramento em massa tornou-se tendência, mas que o grande custo gerado tem muito mais a ver com a sensação de bem-estar social - equivocada impressão de segurança com criminosos fora de circulação - e com os ganhos sobre isso. “São empresas construtoras e prestadoras de serviços, de saúde, alimentação, segurança, etc., que lucram com aprisionamento, na maioria das vezes desnecessário, uma vez que prisões significam muito dinheiro”, destaca.

Diretor ignora "60 anos" da Ceplac

O Diretor-Geral da Ceplac, Juvenal Maynart, não apareceu na comemoração dos 60 anos do ex-órgão qeu comanda, hoje departamento do Ministério da Agricultura. Desgastado, preferiu ficar em Brasília.Juvenal enfrenta a ira dos servidores da Ceplac, que o acusam de tomar decisões de forte impacto sem ouvir ninguém. Na semana passada, o PMDB de Itabuna pediu sua cabeça ao presidente Michel Temer. (Leia aqui)

Segundo informações não oficiais, será atendido.O agrônomo Roberto Setubal, com 44 anos de serviço, lamentou a ausência de Maynart. “Em toda a história da Ceplac fato semelhante jamais aconteceu. Onde está o diretor? Desde sua nomeação, jamais se reuniu conosco”.A festa não contou com nenhuma autoridade federal. O Secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner, que tinha anunciado sua ida, acabou não comparecendo, assim como os prefeitos de Itabuna e Ilhéus.

O governador Rui Costa mandou representante. A solenidade foi marcada por um discurso forte do superintendente Antônio Zugaib, que relembrou a importância que a Ceplac já teve, sua decadência e a irrelevância atual.

Para Zugaib, o departamento "parou no tempo", perdeu recursos, pessoal e prestígio. "A Ceplac, que já contou com 4.500 servidores, hoje conta apenas com 1.200, mas a tendência é ficar com 600".Antes do evento, os servidores e entidades da Ceplac fizeram um protesto na entrada da Ceplac, contra o despejo do Centro de Extensão para que o prédio seja ocupado pela UFSB.
  

TJ-BA analisa mais de 2,7 mil processos em mutirão carcerário


O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) analisou 2.754 processos de presos provisórios em todo estado, durante a primeira etapa do mutirão carcerário. Os números divulgados na manhã desta segunda-feira (20), são relativos ao trabalho realizado em 81 comarcas no período entre 23 de janeiro e 10 de fevereiro deste ano. 

A ação reúne 211 juízes e acontecerá até o dia 20 de abril, sob a coordenação do Grupo de Monitoramento e de Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), e colaboração das assessorias especiais da Presidência, da corregedoria Geral da Justiça e das Comarcas do Interior, além do suporte da Diretoria de 1ª grau do Tribunal. 

O juiz Antônio Faiçal, coordenador do grupo, explica que os números se referem as prisões mantidas, relaxadas ou revogadas, com ou sem medidas cautelares. Nessa primeira etapa, 827 presos provisórios foram soltos. O mutirão foi criado diante da crise carcerária que atinge o país e tem por objetivo revisar a legalidade da manutenção das prisões provisórias, agilizar o julgamento dos processos que envolvam pessoas privadas de liberdade e verificar os benefícios relativos à execução penal.

Declaração de imposto de renda começa na próxima semana; prazo seguirá até abril

Foto: Reprodução / Blog Ademilar
O período para declaração do Imposto de Renda 2017 começará na próxima semana. Os contribuintes terão entre o dia 2 de março e 28 de abril para entregar à Receita Federal detalhes dos seus gahnos em 2016. O download do Programa Gerador da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física 2017 (DIRPF 2017) poderá ser feito a partir desta quinta-feira (23). O imposto deve ser declarado por aqueles que tiveram rendimento tributável anual maior do que R$ 28 mil, em uma média de salário maior do que R$ 2mil. 

Também devem declarar aqueles que tiveram rendimentos não tributáveis acima de R$ 40 mil - neste caso, são aqueles em que o lucro é líquido e o contribuinte não precisa pagar nenhum imposto ao governo sobre o dinheiro ganho. O microempreendedor individual (MEI) também deve fazer a declaração, caso se encaixe nos critérios.

Sindicatos portuários apresentam diagnóstico dos problemas do Porto de Ilhéus

Comissão quer debater com a sociedade organizada melhorias para o Porto

Crédito: Ascom
Os Sindicatos da Orla do Porto Organizado de Ilhéus estarão reunindo a imprensa local nesta quarta-feira (22), para apresentar o diagnóstico dos problemas atuais do Porto de Ilhéus e os resultados obtidos com a Audiência Pública realizada no ultimo dia 10, na Câmara de Vereadores. 

Durante o café da manhã que será realizado na sede do Sindicato dos Estivadores, localizado na Avenida Dois de Julho no centro, será debatido a urgente necessidade da dragagem e aprofundamento do porto que atualmente tem a profundidade de 9.3 e para atender a demanda e continuar competindo com outros portos brasileiros é preciso 12 metros de profundidade. 

Segundo Luciano Luna, presidente da comissão “Salve o Porto de Ilhéus”, que conta ainda com a participação de Crismélia, Geraldo, Dedé, Cristiano e Selma, o café da manhã será uma oportunidade da imprensa conhecer os problemas e as consequências desse impacto no turismo, economia, emprego e renda na cidade de Ilhéus. A comissão pretende reunir na próxima semana os empresários em outro café da manhã e já está programado para o próximo dia 08 de março um grande ato em defesa no Porto de Ilhéus. 

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Colisão no Jardim do Ó provoca congestionamento

Um carro de passeio e um veículo guincho colidiram na tarde desta segunda-feira (20), por volta das 14h20, nas proximidades do Jardim do Ó, centro de Itabuna. Com a colisão, o trecho ficou intransitável. Quem saiu do São Caetano em direção ao Centro ficou impossibilitado de prosseguir a viagem devido o congestionamento. 

Motoristas que trafegavam pelo local entraram em contato com a equipe do Verdinho, reclamando do descaso por parte da Settran. Um deles chegou a questionar se existia Settran na cidade, pois a mesma havia sido acionada há mais de uma hora e até as 15h20 nenhum agente havia comparecido ao local.

Mulher é arremessada de moto após ser atingida por caminhonete; vídeo

Uma motociclista ficou gravemente ferida após ser atingida por uma caminhonete e ser arremessada a metros de distância no centro do município de Eunápolis, no extremo sul da Bahia. O condutor do veículo que colidiu contra a vítima foi preso em flagrante sob a suspeita de dirigir embriagado. O acidente ocorreu na Avenida Paulino Mendes Lima na noite de domingo (19). 

A batida foi registrada por imagens de câmeras de segurança. Após colidir contra a motociclista, o condutor ainda atingiu um ciclista e subiu a calçada. A motociclista, Daiane dos Santos Gomes, de 30 anos, foi internada e o estado de saúde dela é considerado gravíssimo. 

O ciclista, Luiz Migray, sofreu alguns ferimentos, mas não corre risco de morte. Ambos foram atendidos no Hospital Regional de Eunápolis. O motorista da caminhonete, Francisco de Assis Rossi, de 56 anos, não se feriu.

Muita animação e participação do público marcaram o último dia do Ilhéus Folia

Nem a chuva que caiu à noite, no palco do Ilhéus Folia, a Avenida Soares Lopes, foi capaz de conter a grande animação dos foliões, no último dia, 19, do carnaval antecipado da cidade. Mais uma vez, o público superou as expectativas e o domingo registrou um número ainda maior de pessoas que acompanharam as atrações na noite de sábado. A edição desse ano do Ilhéus Folia foi marcada também pela intensa e frequente participação do público. Famílias inteiras, jovens, adultos e pessoas da melhor idade se integraram aos blocos de rua e curtiram os artistas regionais e as atrações renomadas que comandaram milhares de foliões ao som de trios elétricos na Avenida Soares Lopes. 

À tarde, acompanhados por mini trios, os blocos de rua deram início à grande festa. A alegria e a irreverência tomaram conta do circuito da folia com a passagem de “Os Gaia”, “Laja Jata”, “Harmonia”, “Quero Mais”, Derrama”, “Vonga Pescados”, “Os Caras de Pau” e “Beco da Baiuca”. Também empolgaram bastante o bloco de mascarados ‘Os Caretas’, que contou com a participação do prefeito Mário Alexandre, e o estreante ‘Os Agradáveis’, que desfilou sob a animação da banda Via de Acesso. Crianças e pais também se divertiram na programação do Ilhéus Folia 2017. O baile infantil, animado pela banda Criança Precisa Ser Criança, se concentrou no espaço montado na Praça Ruy Barbosa, uma das transversais da Avenida Soares Lopes. 

 Noite Final - 

As principais atrações da noite esquentaram ainda mais o tempo de alegria e mostraram que a proposta de resgaste do carnaval antecipado agora é uma realidade, segundo analisou o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre. Em clima festivo, o prefeito lembrou os tempos de folião, dançou e interagiu com o público durante o show da banda Babado Novo, que se apresentou logo após as atrações Pegada da Lôra e Via de Acesso. Acompanhado da secretária municipal de Desenvolvimento Social, Soane Galvão, Mário Alexandre subiu ao trio elétrico e se divertiu muito com o ritmo contagiante da banda Vingadora. 

O Ilhéus Folia 2017 registrou um pequeno número de ocorrências nos três pontos de saúde instalados na Avenida Soares Lopes, segundo informou a gerente técnica e de planejamento da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Sonilda Mello. “Isso mostra que a festa foi tranquila e familiar, sem excessos ou lesões graves de foliões”, acrescentou.

Imbassahy se reúne com ACM Neto e parlamentares para discutir recursos

Foto: Divulgação / Secom
O ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, se reuniu nesta segunda-feira (20) com o prefeito ACM Neto, vereadores, deputados estaduais e federais no Palácio Thomé de Souza. O encontro teve como pauta a liberação de recursos federais para a capital baiana, além dos projetos enviados pelo governo federal ao Congresso Nacional com o objetivo de recuperar a economia. 

"Entendi que deveria ter uma conversa com o prefeito ACM Neto, que acabou por ampliar essa reunião convocando parlamentares federais, estaduais e municipais. Foi um encontro bem produtivo, pois nosso objetivo é sempre alocar recursos para a Bahia e Salvador. Também abordei as reformas que são essenciais para o país", relatou Imbassahy. 

Esta foi a primeira viagem dele à Bahia depois de tomar posse como ministro, no dia 3 de fevereiro. ACM Neto lembrou que a prefeitura depende do governo federal para projetos como o BRT e a requalificação de trechos da orla. "Ele é nosso interlocutor junto a questões do governo federal", explicou.