quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Hospital São José pode sofrer greve

Os médicos e funcionários do Hospital São José, em Ilhéus, fizeram mais um protesto contra o atraso nos salários na manhã desta terça-feira. O Sintesi, que apoia a manifestação, conta que eles estão com salários atrasados há vários meses, além de reclamar das condições de trabalho.

O grupo esticou um banner na porta do hospital com a frase "sem salário ninguém aguenta". Um funcionário conta que o atraso de salários já está chegando ao segundo mês acumulado. O sindicato lembra que o pagamento precisa ser feito até o quinto dia útil do mês.

A equipe relata casos de desespero e até fome entre os funcionários. Eles reclamam da administração do hospital, que usa a Prefeitura como desculpa, alegando atraso nos repasses. O município não tem razão para isso, já que recebeu dezenas de milhões de reais do governo federal para enfrentar a pandemia da Covid.

A arrecadação da Prefeitura quase dobrou com esse repasses. Sem ter responsabilidade sobre a disputa entre o Hospital São José e o município, os funcionários estudam fazer greve por tempo indeterminado, como tem defendido o Sintesi, o sindicato da categoria.

Ação Outubro Rosa vai à zona rural


Cerca de 50 produtoras rurais de Itabuna, que trabalham em associações ou cooperativas, participam da Campanha “Outubro Rosa no Campo”, nesta terça-feira. A ação teve início na segunda-feira passada, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itabuna, no bairro Santo Antônio.

A ação teve o objetivo de conscientizar as mulheres do campo sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O evento contou com palestras, orientações e atividades de relaxamento com agricultoras da Roça do Povo, Serrado em Progresso e Ribeirão Seco.

Houve ainda palestra sobre “Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher”, ministrada por policiais militares da Ronda Maria da Penha. E uma abordagem da Secretaria de Políticas para as Mulheres sobre a importância do enfrentamento à violência e empreendedorismo no Meio Rural.

O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Moacir Smith Lima, ressalta que a ideia é estimular ações preventivas relativas à saúde da mulher, autoexame e diagnóstico. Além disso, o fortalecimento da formação de lideranças para que as mulheres possam administrar suas propriedades com eficiência.

terça-feira, 26 de outubro de 2021

Estado destina mais R$ 29 milhões para construção de escolas em Aurelino Leal, Itapé, Mascote e Santaluz

O Governo do Estado divulgou, nesta terça-feira (26), no Diário Oficial do Estado (DOE), o resultado de licitação para contratação de empresa especializada para a execução da obra de construção de novas unidades escolares localizadas nos municípios de Aurelino Leal, Itapé, Mascote (no distrito de São João do Paraíso) e Santaluz (no distrito de Pereira). 

O investimento da iniciativa totaliza R$ 29.280.995,08 milhões.

Este montante faz parte dos mais de R$ 2 bilhões que estão sendo investidos pelo Estado na requalificação da rede física escolar e envolve a instalação de novos equipamentos, como laboratórios, bibliotecas, quadras de esportes cobertas e campo society, além da construção dos Complexos Poliesportivos Educacionais, visando fortalecer as aprendizagens no contexto da Educação em Tempo Integral.



Secretaria Municipal de Saúde prossegue na assistência a cães e gatos do antigo lixão de Itabuna


Itabuna deu um grande passo na conservação ambiental e na melhoria das condições de saúde da população com o fim do lixão, que perdurava por mais de 40 anos, e ficava próximo ao Hospital de Base, impactando negativamente o meio ambiente e a saúde das famílias que por lá residiam e tiravam seu sustento. Desde maio, os resíduos sólidos estão sendo destinados a um aterro sanitário certificado.

Com isso, as famílias foram retiradas da localidade e assistidas pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza com o suporte das secretarias municipais de Infraestrutura e Urbanismo, Saúde, Educação, Agricultura e Meio Ambiente e de Planejamento, Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e da CVR Costa do Cacau, empresa responsável pela implantação do aterro sanitário no Km 21, da rodovia BR-415 Jorge Amado, trecho Ilhéus – Itabuna.

+| Leia a matéria completa »

Mulher: utopia ou distopia?


Cumpro a sina de toda mulher, levantando bandeiras e edificando reinos. Não aceito as evasões que me moldam, não abrigo revoluções  desnecessárias e vivo ignorando as verdades absolutas. Lido continuamente entre uma corda fina diante um penhasco pela dor, medo, alterações hormonais e a maquiagem escondendo as olheiras e o cansaço. Equilibro a fadiga entre algumas horas de sono e o trabalho em diferentes esferas ao longo do dia. 

Brigo com o sapato que me machuca depois de seis, sete, dez horas de trabalho sem conseguir deixar os pés respirarem. Sou obrigada a puxar a saia rumo ao joelho quando alguma situação me deixa embaraçada. E quando envergonhadamente respondo que o pai não se importa com a filha ou não paga a pensão ainda escuto: “deveria ter escolhido um pai melhor”. 

Enxergar os seios voluptuosos frente ao espelho, o corpo desenhado em um vestido e os lábios adornados de vermelho é contratar involuntariamente mudanças, inseguranças, adequações e cobranças pessoais, sobretudo sociais, que, em grande parte, não tem o menor cabimento. 

Acordar todos os dias e se deparar com um mundo tão desproporcional é crer que o abrir de olhos tem uma necessidade absurda de vestir escondido a melhor armadura para sair vencedora ao repousar tarde da noite.

Em um mundo tão louco que a mulher deve cuidar da casa quando casada e dos filhos dado o divórcio, entretanto, a outra parte se aniquila da responsabilidade perante pai. E um acúmulo de funções fatigadas, porque, claro, a mulher deve se tornar invisível para prover, cuidar, manter, educar integralmente sem incomodar, exigir ou requerer aquilo que é de direito. Bem como, é sempre considerado um absurdo ao tentar se refazer na vida afetiva, equiparando muitas vezes a um crime sem possibilidades de recurso. 

Digo isso depois de reiteradas vezes poder ver e sentir o quão complexo é lançar numa sociedade em que muitos papéis já estão definidos culturalmente entre as nuances do dia-a-dia e a necessidade se impor de modo incansável para que minha filha tenha um mundo mais leve.

Eu sou uma jovem como qualquer outra, reconheço as funções, brinco com os pesos, requebro com os problemas, mas principalmente não canso de abrigar esperança em todas as manhãs frias que as responsabilidades invadem o meu sono e me fazem acordar. 

Junto a isso, ainda é de extrema importância, abrir espaços para acolhimento a outras mulheres que carregam estigmas duríssimos em sua linhagem, como uma amiga que após sofrer violência doméstica e ser quase morta pelo companheiro, precisa sobreviver nas alcovas do mundo, para que o bom moço de familia e com bons antecedentes criminais não consuma o seu delito e viva a sua liberdade em paz.

Ser mulher, meus caros, pode parecer bom, mas não é. Ser mulher é uma das coisas mais difíceis que Deus pôde inventar. 

Juliana Soledade é advogada, escritora, empresária e teóloga, pós-graduada em Direito Processual Civil e Direito do Trabalho, pós graduanda de Direito público, além de autora dos livros Despedidas de Mim, Diário das Mil Faces e 40 surtos na quarentena: para quem nunca viveu uma pandemia.

Rui libera até 50% do público para os jogos de Bahia e Vitória


Os jogos de futebol na Bahia agora poderão ter até 50% da capacidade do estádio, informou Rui Costa, que está em viagem aos Emirados Árabes Unidos. Atualmente, Bahia e Vitória podem comercializar apenas 30% da carga total de ingressos quando jogam na Fonte Nova e Barradão. 

Um decreto oficializando a mudança deve ser publicado em breve por Adolfo Menezes, governador em exercício do estado. "Que a medida seja um estímulo ao Bahia e Vitória", escreveu Rui em seu Twitter. O governador ainda frisou que a medida será tomada com base nos números atuais da covid-19. 

Para terem acesso aos estádios, os torcedores precisarão comprovar a vacinação com as duas doses e fazer o uso de máscaras de proteção. (Correio)


Ilhéus: Mulher da à luz dentro de casa após chuvas impedirem saída do imóvel

Foto: Reprodução / Rede Bahia

Uma mulher deu à luz a uma menina dentro de uma casa, que fica no alto de um morro na cidade de Ilhéus, no litoral sul, neste sábado (23). A família contou com ajuda do Corpo de Bombeiros para retirar as duas do local.  Foi preciso o uso de cordas e equipamentos especiais para o resgate.

De acordo com o Corpo de bombeiros, chovia forte quando a mulher começou a sentir contrações mais fortes. Conforme divulgou o Portal G1, o companheiro dela avisou para a mãe, avó da criança, que Jaikele Ribeiro estava perdendo líquido e a bolsa poderia ter rompido.

“Umas 8h, meu filho bateu na porta me chamando, dizendo que a mulher dele estava perdendo líquido. Falei que não tinha mais tempo de levar ao médico. Estava chovendo e o [acesso ao] local aqui é ruim. Quando eu acudi ela, a cabecinha da menina já estava saindo”, disse. 

Ainda de acordo com o site, Deuzete disse que o  parto não foi difícil.  Enquanto a sogra realizava o parto de Jaikele, uma equipe do Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) foi acionada, porém, quando os médicos chegaram, Dandara já havia nascido.

Por conta da chuva, o acesso à casa da gestante ficou dificultado. A escada de terra utilizada pela comunidade estava com muita água acumulada. Por conta disso, os militares amarraram cordas e fizeram a retirada das duas. Mãe e filha foram levadas para a Maternidade Santa Helena e passam bem. 

 

Berço de Itabuna festeja os 206 anos


A Prefeitura de Itabuna comemora nesta quarta-feira, os 206 anos do distrito de Ferradas, berço da cidade, que teve a feta adiada no dia 19. Nascida no século 19, como aldeia dos índios Guérens, Camacans e Pataxós, o local cresceu e ser tornou um entreposto, local de parada para quem viajava entre Ilhéus e Vitória da Conquista

Ferradas consolidou o espírito comercial que se tornou o perfil de Itabuna, além de dar ao mundo escritores como Jorge Amado e Telmo Padilha. Ferradas deve muito ao frei capuchinho Ludovico de Livorne, que escreveu dois livros sobre as ações da igreja no povoado.

A programação começa nesta quarta, às 7 horas, com Aulão Funcional do professor Danilo Cezar, seguido de Funcional com Futebol para Crianças, brincadeiras e jogos recreativos. A partir das 9 horas, em seis estandes, começa o atendimento das secretarias municipais para a comunidade.

A Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente vai distribuir 700 mudas de frutas e essenciais florestais, com uma equipe de agrônomos e técnicos para orientar sobre o plantio. A Secretaria de Promoção Social atenderá com assistentes sociais e psicólogos, além de cadastrar para o CadÚnico, Bolsa Família e BPC.

Também vai cadastrar para o ID Jovem e oferecer serviços de manicure e cabeleireiro. A pasta da Sapude fará exames de pressão arterial, doenças sexualmente transmissíveis e glicemia, além de orientar sobre o autoexame de mamas e prevenção contra o câncer.

A partir das 14 horas, a Fundação Marimbeta fará apresentações de dança, haverá a Fala do Escritor Ferradense, com Gustavo Veloso, autor do livro “Ferradas: Um Capítulo na História do Brasil”; mais Capoeira, Certificação de Reconhecimento para pessoas que residem em Ferradas e voz e violão com Carlos Santana.

Às 17 horas, haverá Missa em Ação de Graças pelos 206 anos da antiga Vila Imperial Dom Pedro de Alcântara, oficiada pelo padre Roberto dos Santos, pároco da igreja Nossa Senhora da Conceição de Ferradas. A Ficc assume entre 18 e 20 horas com o Hino Nacional e Monólogo.

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Secretaria de Saúde divulga calendário vacinal da última semana de Outubro


A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Frio do Departamento de Vigilância em Saúde, divulga calendário de multivacinação e contra covid-19 que contempla a última semana de Outubro em Itabuna.

Neste mês, acontece a Campanha Nacional de Multivacinação. O objetivo é a atualização do Cartão de Vacina das crianças e adolescentes menores de 15 anos com as vacinas de rotina, inclusive a da Influenza.

A vacinação acontece em todas Unidades Básicas de Saúde, das 8 às 11 e das 13 às 16 horas. A documentação exigida é o RG, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência e cartão de vacina.  

+| Leia a matéria completa »

"Saúde não espera", diz Castro ao reativar maternidade


Ao anunciar a contratualização com o IGA-Instituto de Gestão Aplicada para a compra de serviços pediátricos e obstétricos com a Maternidade Mãe Pobre, Augusto Castro afirmou que a saúde não dá para esperar.

“Fazer saúde é ter sensibilidade, é fazer boas parcerias e nós estamos trabalhando para isso”, acrescentou. O anúncio de reabertura da unidade hospital materno-infantil feito na manhã desta sexta-feira, dia 22, durante uma vistoria às instalações, com representantes do IGA. 

A Mãe Pobre deverá voltar a atender ao público no próximo dia 23 de novembro.

 

Completa