YOUTUBE

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Morte na distribuidora: preso, cúmplice de “Bebel” diz que foi ele quem “entregou” o alvo errado para o assassino

Entre o grupo de 16 pessoas presas no final da tarde desta quarta-feira (18), no final de linha do bairro São Caetano, em Itabuna, está Elianderson Santos Bonfim, apontado como cúmplice de Alexandre dos Santos, o “Bebel”, assassino confesso do jovem Thiago Henrique Magalhães, de 18 anos. Elianderson foi detido, inclusive, na companhia de Alexandre. 

Os dois participavam de um “baba” no campinho de futebol naquela localidade, como se nada tivesse acontecido. A dupla é moradora do Morro do Macaco, bairro Fonseca. Durante depoimento na delegacia, Elianderson relatou que “Bebel” havia pedido para ele ir até a distribuidora de água, na Rua Floresta, ver se “Trator” (verdadeiro alvo do assassino) estava lá. 

Segundo o comparsa de Alexandre, ao passar pelo estabelecimento comercial e avistar a vítima, retornou a um bar, onde o criminoso estava aguardando, e o avisou, acreditando que Thiago era a pessoa que o homicida procurava. Roupa do crime Na busca pela arma do crime, a polícia acabou encontrando na casa do assassino, as roupas usadas por ele no momento em que matou Thiago. A arma, no entanto, não havia sido localizada até o fechamento dessa matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário