YOUTUBE

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Ecad pode barrar Ticomia e Brega

Segundo o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), as tradicionais festas juninas Brega Light, Ticomia (ambas em Ibicuí( e São João do Allanbick, em Barreiras, estão proibidas, judicialmente, de tocar música, ou seja, as bandas não podem se apresentar. 

O Ecad revelou ao Bocão News que as empresas que realizam as festas devem quase R$ 3 milhões em direitos autorais. “Existe uma decisão judicial a favor do pagamento dos direitos autorais aos compositores”, diz o Ecad, que acusa as empresas de não cumprir a decisão. 

São R$ 1,6 milhão devidos pelo Brega Light, R$ 700 mil pelo Ticomia e R$ 690 mil pelo Allanbick. As empresas que promovem o Ticomia e o Brega Light não pagam direitos autorais desde 2012 e a de Barreiras desde 2005, segundo o Ecad. Aparentemente, elas vão continuar desobedecendo a ordem judicial ou tentar uma liminar, porque todas confirmaram as datas e atrações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário